Como escolher cestas de Natal para os meus funcionários?

Final de ano é época de comemorações e confraternizações entre as pessoas, tanto no ambiente familiar quanto no trabalho. Essa é a melhor hora para reforçar os seus laços, celebrar mais um ano juntos e pensar em bons objetivos para o próximo ano. No entanto, muitas empresas ainda não sabem como escolher cestas de Natal para seus funcionários e também não reconhecem a importância dessa ação.

Presentear e agradecer seus parceiros e colaboradores no final do ano pode ser uma ação que, apesar de parecer simples, gera um resultado positivo, pois cria um vínculo construtivo entre o empregador e o colaborador por meio do reconhecimento do serviço prestado.

Quer saber como escolher cestas de Natal, as vantagens dessa ação para os seus colaboradores e conhecer a melhor forma de encontrar a cesta perfeita? Então continue a leitura deste artigo e fique por dentro do assunto!

Qual é a importância de oferecer cestas de Natal?

Umas das estratégias principais de motivação usadas nas empresas é a garantia da satisfação dos seus colaboradores. Essa é uma ação que influencia diretamente nos resultados da companhia, tanto em relação aos funcionários quanto aos clientes — funcionários mais engajados são mais produtivos e eficazes, e isso repercute na forma como eles atendem e encantam os clientes.

Atualmente os fatores motivacionais têm ido além das questões salariais e envolvido o clima organizacional, as políticas de benefícios, o relacionamento e, sobretudo, o reconhecimento do trabalho realizado por parte da empresa.

As cestas de Natal tornam-se uma grande vantagem para o empresário, pois além de garantir a satisfação do colaborador, também, oferecem um melhor custo-benefício e economizam tempo no momento de escolher e comprar os kits Natalinos.

Vejas as vantagens de optar pela cesta de Natal!

Reconhecimento pelo esforço dos colaboradores

Todo empreendedor sabe a complexidade de organizar uma equipe eficiente e que esteja focada nas metas estabelecidas em prol da empresa. Ao encontrar o profissional adequado para uma função específica, empenhado em suas tarefas e com os objetivos alinhados ao da empresa, sabemos que é preciso valorizá-lo para mantê-lo na equipe.

Ao demonstrar que se preocupa com o bem-estar do funcionário e lembrar-se dele em datas importantes, a empresa é capaz de melhorar o clima organizacional e gerar nos colaboradores a sensibilização necessária para ter mais motivação no próximo ano.

Além de ser algo gratificante, reconhecer o trabalho e o esforço do colaborador é um planejamento para o futuro dos seus negócios, garantindo a satisfação dos profissionais e construindo uma relação de compromisso, admiração e respeito.

Investimento no bem-estar dos profissionais

Um profissional reconhecido se sente bem no ambiente de trabalho e produz muito mais. Essa produtividade acontece em termos quantitativos — melhor atendimento ao cliente, relacionamentos mais saudáveis, melhora na comunicação e na confiança — e qualitativos — crescimento nas vendas e redução de desperdícios e custos. É dessa forma que você garantirá a fidelidade do colaborador e, além disso, será capaz de melhorar o desempenho dos profissionais em que confia.

Todas essas questões estão ligadas ao reconhecimento, pois ao demonstrar que você enxerga o trabalho desenvolvido pelo colaborador, você o faz perceber que não é invisível aos seus olhos e diminui a distância entre empregador e funcionário.

Essas ações agem diretamente na autoestima dos profissionais, gerando um ambiente favorável ao trabalho e retendo os talentos por meio da empatia entre empreendedor e colaborador.

Economia de tempo e dinheiro no momento da compra

O final de ano é um momento de comemoração, mas os gastos aumentam muito nessa época. Em função disso, os cuidados com as finanças devem ser redobrados nessa etapa.

As cestas de Natal são versáteis e permitem que você escolha a que mais tem ligação com a sua equipe e, é claro, aquela que está dentro do orçamento da empresa. Existem fornecedores que oferecem esse serviço apresentando as cestas prontas e que melhor se adaptam aos objetivos e preços estipulados pelos clientes.

No final do ano, muitas empresas ainda preferem manter o ticket de alimentação como uma opção para presentear seus funcionários. Ao fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre as preferências e o rendimento, é possível perceber como a cesta de Natal é um fator que gera um custo-benefício melhor do que o ticket.

Em primeiro lugar, a cesta de Natal já conta com o auxílio na isenção fiscal no Imposto de Rendas da empresa por meio do Programa Alimentação do Trabalhador. Além disso, não cobra taxas administrativas que são direcionadas aos cartões de vale alimentação — se você pretende saber mais sobre essa diferença, acompanhe nosso artigo sobre esse assunto e fique muito mais informado.

Com a cesta de Natal você poderá ver o quanto é possível economizar e ao mesmo tempo agradar os colaboradores da sua organização.

Oferecimento de algo útil e encantador

A cesta de Natal é algo que proporciona a demonstração de valor do colaborador da empresa. Melhor do que outras opções, a cesta de Natal é capaz de encantar diante de seu conteúdo, além de oferecer opções que são úteis para o final de ano de qualquer pessoa.

Ao receber uma cesta de Natal, o colaborador pode ser presenteado com itens que não teria condições aquisitivas de comprar ou, mesmo que ele recebesse o ticket alimentação, não destinaria o dinheiro a esse fim.

Vamos a um exemplo: o funcionário que receber R$ 100 de bônus provavelmente não compraria um espumante, mas produtos que fazem parte das necessidades básicas de sua família.

Outro fator importante é que nada substitui a sensação de abrir uma cesta e descobrir o que há dentro dela junto com a família. Esse presente pode surpreender e encantar o seu colaborador, gerando memórias que são afetivas e relacionadas ao cuidado da empresa com aqueles que estão envolvidos na trajetória da organização.

Facilidade na entrega

Ao contratar fornecedores especializados na produção de cestas de Natal você terá a vantagem de obter os produtos entregues diretamente no local e no horário solicitados. Dessa forma, o nível de compromisso e organização é algo que facilita e deixa o empresário mais tranquilo em relação ao comprometimento com seus funcionários.

A empresa que prestará o serviço ficará disponível para oferecer uma vantagem diferenciada e você eliminará os problemas que poderia ter durante o processo de planejamento das cestas — como logística, administração, armazenamento, entrega ou distribuição.

O serviço contratado é mais ágil e você tem a possibilidade de escolher o melhor kit, uma maior variedade de produtos e de eliminar os problemas de recebimento.

De onde vem a motivação?

A motivação parte da administração, da liderança. Com tantas mudanças que vêm ocorrendo na modernidade, o mercado de trabalho sofre com mudanças e muitas adaptações.

Uma delas está no desenvolvimento humano dentro das empresas. Hoje, um administrador tem a tarefa de estudar a organização e proporcionar aos seus funcionários os melhores meios de motivação dentro do ambiente de trabalho. Essa característica aumenta o empenho dos colaboradores e, consequentemente, o da empresa.

Inspire seus colaboradores

Os colaboradores precisam sentir que o sucesso da empresa é o sucesso de todos os envolvidos. Dessa forma eles saberão que fazem parte de um objetivo e de um grupo maior, compreendendo que são os seus esforços que trarão as recompensas..

A influência do líder nesse momento é essencial para a transformação motivacional da equipe, pois o comportamento dos colaboradores está diretamente ligado e influenciado pelo modo que a supervisão lida com todos os profissionais. Por isso, inspire lealdade, comprometimento, padrões elevados de desempenho e reconhecimento para que todos se sintam responsáveis por seguir os mesmos exemplos.

Depois de tanto trabalho juntos, viva o momento das entregas das cestas de Natal como uma possibilidade de aproximação. Demonstre o seu posicionamento de líder que tem o crescimento da empresa como relevante para todos e que reconhece a importância de toda a organização por trás desse percurso nos negócios.

Como escolher cestas de Natal?

Escolher as melhores cestas de Natal é um processo simples e satisfatório. É um momento em que você poderá fazer uma reflexão sobre os seus colaboradores, as ações promovidas por eles durante o ano e determinar qual é o perfil de funcionário que você tem e o que deseja ter na empresa.

Por isso, algumas questões são necessárias para escolher as melhores cestas. Veja abaixo:

Trace o perfil dos seus colaboradores

A priori, é importante fazer um levantamento de quantos colaboradores há na empresa e montar uma lista com o perfil desse público. Os dados importantes para que esse mapeamento seja realizado são:

  • idade;

  • cargo;

  • quantidade de pessoas;

  • religião;

  • consumo de bebida alcoólica;

  • restrições alimentares;

  • preferências dos funcionários.

Com esse levantamento já será possível identificar o quanto aproximadamente será gasto, organizando uma planilha de orçamento e verificando qual será o melhor custo-benefício.

Além disso, você também poderá ter uma lista prévia de quais produtos priorizar. Por isso, conhecer os aspectos pessoais dos seus funcionários é uma qualidade imprescindível para que o presente encante a todos e demonstre que foi pensado e escolhido com a devida importância.

Observe as restrições dos profissionais

Essa é uma questão que não deve passar despercebida. Muitas pessoas têm restrições alimentares e religiosas. Não é agradável entregar uma cesta recheada de produtos com lactose a um funcionário que tem intolerância a essa substância.

Por isso, faça uma pesquisa sobre as restrições alimentares — se o colaborador é vegetariano ou vegano, se tem alguma intolerância (lactose, glúten ou outras) ou se consome certos produtos industrializados — e sobre o aspecto religioso — algumas religiões não permitem que a pessoa consuma carne de porco ou seus derivados, por exemplo.

Outro fator muito importante é observar se há algum colaborador se recuperando de problemas como o alcoolismo. Entregar uma cesta com vinhos, por exemplo, para alguém em recuperação não é algo favorável.

Esses são critérios a serem levados em consideração, mas não é algo muito difícil de fazer. Aplicando essa pesquisa, será fácil acertar em cheio e escolher uma cesta que agrade aos seus colaboradores e demonstre o quanto você se importa com eles.

Defina o orçamento

É importante que você pense no seu orçamento, afinal, as contas aumentam para todos nessa época. Após realizar esse mapeamento, você será capaz de delimitar o quanto poderá investir nessa ação. O lado positivo é que você terá várias opções de cestas, podendo escolher a que melhor se adapta à sua realidade financeira.

Ao encontrar a empresa que você contratará o serviço para a montagem e a entrega das cestas, é importante analisar quais contêm os produtos adequados para os seus objetivos e quais são os itens que normalmente fazem com que o preço seja mais elevado.

Um exemplo são as bebidas alcoólicas. Normalmente elas deixam as cestas mais caras. Se você optar por uma cesta de alimentos ou de guloseimas, provavelmente terá um serviço mais em conta. Todavia, se pretende surpreender o seu grupo de funcionários com algo diferente, os vinhos continuam a ser uma boa opção.

Escolha a cesta mais adequada

Com todos os dados e o planejamento orçamentário pronto, fica fácil escolher a cesta mais adequada para os seus colaboradores. As opções são variadas e você poderá pesquisar por meio dos catálogos disponíveis.

Para oferecer um bom trabalho, uma empresa de cestas precisa ter uma boa estrutura para estocagem e manuseio com bons equipamentos. Além disso, você pode encontrar aquelas que disponibilizam o contato com o consumidor por meio de aplicativos — essa ferramenta pode poupar o seu tempo e qualquer dúvida ficará muito mais fácil de ser sanada.

Também é importante conhecer a legislação de cestas básicas. Apesar da cesta básica não ser obrigatória, ela também tem uma regulamentação. Observar a legislação é importante para que os colaboradores tenham a garantia de uma alimentação de qualidade, e você, enquanto empresário, tenha a garantia de um bom desempenho, pois o trabalhador estará se alimentando adequadamente.

Decida quando entregar

Combine com a empresa responsável pelas cestas a melhor data para a entrega. Há empresas que contam com uma frota de entrega própria de caminhões, e isso garante o total controle das entregas — além do cumprimento do prazo combinado entre o cliente e a empresa.

Procure marcar a data mais propícia e próxima ao feriado do final do ano. Essa proximidade com o Natal torna o presente cada vez mais significativo e relevante para a comemoração em família, colocando a empresa como um ponto essencial para que esse momento ocorresse com mais qualidade e com uma mesa farta de lembranças.

Quais produtos devem estar incluídos na cesta de Natal?

Após pesquisar e chegar à conclusão de que a cesta de Natal é a melhor opção para recompensar seus funcionários no final do ano, é hora de priorizar a praticidade, a personalização e o custo no momento de escolher os itens da sua empresa.

Há alguns componentes para a cesta que são imprescindíveis e não podem faltar. Veja só:

Panetone

Esse tradicional pão com frutas cristalizadas — ou recheado com chocolate — não pode faltar na lembrança de Natal. Essa é uma tradição nas mesas de Natal, e mantê-la provavelmente vai agradar o funcionário. Escolha um bom panetone e surpreenda com o recheio de chocolate, se puder!

Alimentos para refeições principais

É importante pensar nos ingredientes que farão parte da ceia, como farofas, macarrão, arroz, azeitonas, seletas de legumes ou molhos. Esses são componentes que, além de necessários, sempre possibilitam a criação de novas receitas.

Pode parecer muito básico oferecer esses produtos na cesta, mas a verdade é que um jantar de Natal contém muitos desses elementos na mesa.

Petiscos

Os petiscos que são consumidos durante a noite são muito interessantes quando compõem a cesta de Natal. Boas dicas de petiscos são queijos, azeitonas, castanhas, biscoitos salgados ou croquetes.

Bebidas

Bebidas são sempre bem-vindas, mas é necessário ter muita atenção para o momento da escolha. O melhor é optar só por aquelas que servem para brindar, como vinhos ou espumantes — e não se esqueça daquelas sem álcool, como sucos ou refrigerantes.

Doces e sobremesa

Importantíssimos e sempre são um sucesso entre toda a família. Você pode adicionar chocolates, bombons, mousses, gelatinas e doces em calda — pêssego, figo, goiaba, entre outros. Opte por uma variedade de doces para que todos tenham uma opção gostosa disponível.

Outro fator importante para observar na cesta de Natal é a qualidade do produto. Pesquise quais são as origens das mercadorias que o seu fornecedor oferece e qualquer dúvida, não hesite em perguntar.

Muitas empresas já buscam presentear os colaboradores com a cesta gourmet de Natal. Você também pode apostar nos produtos diferenciados que essa cesta oferece — importados ou não, mas de altíssima qualidade.

Como calcular a quantidade de cada produto na cesta?

No mercado há várias opções de tamanhos e componentes para a cesta de Natal. Há fornecedores que oferecem as opções de cesta já montadas e de acordo com o interesse do cliente. A quantidade dos produtos dentro de cada cesta varia de acordo com o objetivo de quem faz a encomenda.

Uma boa opção é pesquisar se os seus funcionários moram sozinhos ou com familiares. Com essa resposta você poderá saber o tamanho da cesta e a variedade de produtos que deve adicionar.

Outro ponto relacionado à cesta de Natal é o benefício da versatilidade, pois é possível pensar em algo personalizado. Mesmo que a cesta já esteja montada, há fornecedores que oferecem tantas opções que pelo menos uma delas vai estar de acordo com o seu planejamento.

Como encontrar o fornecedor ideal?

Esse é um dos passos mais importantes. Para que o serviço seja prestado com qualidade, é importante que você procure um fornecedor especializado em cestas e que apresente uma boa parceria. Um bom fornecedor transmitirá confiança e um bom catálogo de produtos, além do cumprimento dos prazos acordados.

Muitas pessoas ainda observam apenas os preços das cestas, o que acaba causando o efeito contrário nos seus colaboradores: em vez de agradar, esse presente acaba deixando a impressão de que a empresa é “pão-dura”.

Por isso, listamos abaixo algumas dicas que são essenciais para você observar ao escolher uma empresa de cestas premium:

  • avalie a reputação;

  • procure saber quais são os parceiros da empresa;

  • procure informações sobre o fulfillment — ou seja, o conjunto de ações e atividades, desde o recebimento do pedido até a sua entrega;

  • procure referências de pessoas ou empresas conhecidas;

  • faça contato e tire todas as suas dúvidas;

  • verifique as condições de armazenagem dos produtos;

  • avalie as condições de pagamento;

  • veja quais são as opções de comunicação que a empresa oferece;

  • pesquise sobre a eficiência operacional da empresa;

  • pesquise se o fornecedor tem uma frota própria;

  • observe se a equipe é capacitada.

Nesse momento é importante encontrar o fornecedor ideal para fazer as negociações. Além disso, é necessário que a empresa de cestas deixe à sua disposição um catálogo com as opções oferecidas.

Outro ponto é que a entrega das cestas é um momento importante para todos os envolvidos, e não pode contar com atrasos ou o descumprimento do cronograma proposto.

Ao contratar os serviços de um bom fornecedor, você terá como benefícios:

  • otimização do seu tempo de compra;

  • produtos de ótima qualidade;

  • bom preço;

  • disponibilidade de cestas de Natal inovadoras;

  • demonstração da valorização que a empresa tem pelo colaborador;

  • melhoria no clima organizacional da empresa;

  • transações executadas de forma rápida;

  • entrega das cestas no local e no horário desejado;

  • mais simplicidade e menos burocracia.

Além disso, a relação entre você e o seu fornecedor de cestas pode ser estendida com um contrato que ultrapasse os objetivos de uma simples entrega de Natal.

Se você deseja encontrar uma boa cesta, bons produtos, bons parceiros e boas lembranças, siga as dicas acima.

O final do ano é uma data importante para todos, inclusive dentro de uma empresa. Valorizar os seus funcionários possibilitando a eles uma lembrança memorável pode ser uma forma de mantê-los na empresa, sentido-se queridos e importantes para a organização.

Gostou das nossas dicas sobre como escolher cestas de Natal para os seus colaboradores? Tem alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre esse processo? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário