Como escolher um bom vinho? 5 dicas simples para acertar na escolha

Você ama um bom vinho e faz questão de que essa bebida sofisticada esteja presente em todos os momentos da sua vida, não é mesmo? Um vinho é sempre uma ótima pedida: seja para apreciar ainda mais um bom jantar, para relaxar ao final de um dia estressante ou mesmo para presentear alguém importante.

Entretanto, escolher um vinho de qualidade e adequado para cada situação é fundamental. Por mais que seu bom gosto já seja uma bússola para guiar suas escolhas, é essencial que você conheça algumas dicas para não errar na hora de fazer suas opções. Acompanhe agora 5 sugestões incríveis de como acertar na escolha do seu vinho! Vamos lá?  

1. Fique atento aos rótulos

Nem sempre os rótulos mais bonitos e sofisticados são sinais de que naquela garrafa existe um bom vinho. Antes de ser iludido por belas cores e imagens, é importante que você leia o rótulo com atenção. Lá, estão todas as informações que você precisa.

A maioria dos vinhos de alta qualidade incluirão pelo menos a safra, a variedade da uva utilizada e a região de produção na parte da frente do rótulo. Os bons vinhos trarão, pelo menos, duas dessas três informações logo na parte da frente das garrafas. Normalmente, os vinhos de baixa qualidade não apresentam nem mesmo essas informações nos rótulos.

Fique atento também à origem do vinho. Quanto mais específico o rótulo for em relação ao local de origem, melhor. Assim, se o rótulo trouxer apenas “Argentina”, isso significa que o vinho pode ter sido produzido em qualquer lugar daquele país. Por outro lado, se especificar “Mendoza”, então o rótulo está dizendo a você muito mais sobre a qualidade daquele produto.

2. Observe a variedade das uvas e o teor alcoólico

As uvas utilizadas na produção de vinho fazem toda a diferença no resultado final. Assim, para buscar as uvas certas, tenha em mente a experiência gastronômica que você procura. Dependendo da variedade utilizada, você terá vinhos mais encorpados e com aromas de ervas, como os da uva Cabernet Sauvignon, por exemplo.

Já a uva Merlot, cultivada na França, dá origem a vinhos também encorpados, porém macios e com aromas frutados. A uva Malbec, que, apesar de ser um clássico argentino, é de origem de francesa, produz um vinho macio e perfumado, com sabor de especiarias.

Em relação ao teor alcoólico dos vinhos, ele normalmente varia entre 11% e 15%. Assim, ao escolher um vinho, tenha em mente que aquelas bebidas com a porcentagem alcoólica muito baixa, ou seja, de 9%, provavelmente serão muito doces. Já aquelas com teor alcoólico a partir de 14% tendem a ser mais encorpados e com sabores e aromas mais fortes e destacados.

3. Registre as uvas e regiões que mais agradam a você

Por mais que você se lembre de ter experimentado um vinho maravilhoso há um mês, fica difícil saber exatamente qual era a bebida, não é mesmo? Por essa razão, sempre que você se encantar por um vinho, é muito importante que você tome nota da bebida.

Além de registrar apenas o nome do vinho, é fundamental que você anote também a região e as uvas. Isso dará a você uma boa ideia do que você gosta quando for escolher um vinho da próxima vez. Assim, você não precisará ficar preso a uma mesma bebida, podendo ousar entre as variedades de sua preferência.

Para manter o registro do que mais agrada a você, seu smartphone pode ser um grande aliado. Você poderá utilizar a seção de notas do seu celular para garantir que suas anotações não se percam e sejam utilizadas em sua próxima compra! 

4. Harmonize o vinho com a refeição

A harmonização entre os vinhos e a refeição é sempre um assunto polêmico. Apesar de algumas pessoas levarem as regras muito ao pé da letra, a flexibilidade é sempre a melhor pedida.

Um prato nunca será composto apenas por um único ingrediente, certo? Por exemplo, ao servir um frango, certamente ele terá temperos, ervas, vegetais… Será impossível combinar um vinho com cada um desses alimentos. Assim, escolha apenas um ingrediente e se apegue a ele para harmonizar o vinho.

Lembre-se também de que as características dos vinhos combinam com as características dos alimentos. Vinhos como o Sauvignon Blanc, mais leves, com um nível de acidez mais alto e mais cítricos, vão muito bem com pratos também mais leves, mas cheios de sabor, como frango, peru, ostras, camarões e sushi.

Já com o Cabernet Sauvignon, mais encorpado, é melhor evitar os frutos do mar. Para acompanhar esse vinho, opte pelas carnes grelhadas ou assadas, queijos curados ou amarelos e pratos com notas mais fortes, com mais condimentos e mais apimentados. Você certamente encontrará um vinho ideal para cada refeição!

5. Combine o vinho com a ocasião

Por mais que você já conheça e ame um determinado vinho, isso não quer dizer que essa bebida será a mais indicada para todas as ocasiões. Embora pareça difícil escolher um vinho entre tantas opções, fique tranquilo, pois há a melhor alternativa para cada momento!

Os vinhos brancos são mais secos e leves em comparação com os vinhos tintos, então é melhor servi-los no início da noite. Os vinhos brancos também caem muito bem nos eventos ao ar livre, principalmente durante o verão. Eles também são perfeitos para ocasiões especiais e brindes!

Enquanto os vinhos brancos ficam para o início da noite, os vinhos tintos são ideais para serem servidos ao longo dos eventos. Eles também são incríveis quando harmonizados com queijos, chocolates e jantares. Os vinhos tintos também caem como uma luva em encontros românticos ou ao final de um longo dia de trabalho, quando você quer apenas aproveitar sua própria companhia!

Da próxima vez que você for escolher um vinho, lembre-se das nossas dicas incríveis! Levar em consideração nossas sugestões é o segredo do sucesso para uma boa escolha e pode evitar decepções! Com certeza, você ficará muito mais feliz ao perceber que está simplesmente degustando o vinho perfeito!

Seus amigos ficarão impressionados com o seu conhecimento e as pessoas presenteadas por você ficarão encantadas! Gostou das nossas dicas? Então curta nossa página no Facebook para encontrar sempre novas sugestões e ideias que você adorará!

Deixe um comentário