Jantar com cliente: o que é preciso levar em conta?

A ideia de um jantar com cliente tem a finalidade de atribuir mais leveza ao encontro, saindo da atmosfera de ambiente de trabalho, como usualmente acontece nas reuniões tradicionais. Mas é importante lembrar que nem por isso deve se tratar de um encontro informal, muito pelo contrário!

Para que o jantar com cliente, ou também chamado jantar de negócios, seja bem-sucedido e os resultados esperados sejam alcançados, vale muito a pena seguir algumas regras e dicas.

Quer saber que recomendações são essas? Separamos alguns pontos fundamentais a serem considerados aqui nesse post. Continue a leitura e saiba o que é preciso levar em conta em um compromisso como esse!

Construa um bom planejamento

Tenha em mente que um planejamento adequado será muito importante para todas as ações que envolvem a abordagem e a negociação com um cliente. Um jantar com cliente não é apenas uma refeição ou um evento aberto para informalidades: é, na verdade, um compromisso importante e que pode ser decisivo para o fechamento de negócios, além de auxiliar na criação de um melhor relacionamento entre os envolvidos.

Por essa razão, erguer um planejamento é altamente indicado. Afinal, detalhes, ações e etapas importantes para fechar negócios deverão estar bem alinhadas. O primeiro ponto é fazer bem a sua lição de casa.

Ou seja, da mesma maneira que se prepara para as reuniões de negócio da empresa: busque informações a respeito do mercado, elenque suas soluções, pesquise sobre o cliente em questão (e aqui há espaço até mesmo para informações sobre as preferências pessoais dele), entre outros.

Tudo isso pode ser registrado, mas em hipótese alguma as anotações devem estar com você durante o jantar. Os assuntos devem ser dominados previamente, para que sejam abordados com naturalidade ao longo do encontro corporativo.

Faça o convite com antecedência

Por se tratar de um momento razoavelmente formal e que depende de estratégias, o convite deve ser feito com antecedência. Isso porque o cliente também precisará se preparar para o jantar. Uma semana pode ser um prazo suficiente, talvez duas semanas.

Caso o convite seja feito com muita antecedência, pode ser necessário recordar o cliente a respeito do evento. Um reforço do convite, algo como o chamado “save the date” (salve essa data), a fim de que o compromisso não seja esquecido e passe em branco. Aproveite para fazer a reserva do local antes, de modo a evitar as filas de espera.

Sempre leve em conta a escolha do local do jantar com cliente

A escolha do restaurante também é muito importante. De preferência, você deve escolher um local que conheça, que tenha boa abertura com a equipe e que facilite o atendimento, caso imprevistos aconteçam e alterações precisem ser feitas de última hora.

Testar um local novo para jantar com cliente pode ser arriscado. Afinal, surpresas negativas podem surgir, e as impressões não serão as melhores. Eventualmente, isso pode influenciar as negociações. Ficar em um local tranquilo e com pouco barulho também seria aconselhável.

Não tenha receios de perguntar se existe alguma restrição alimentar (ou preferências) ao seu convidado. É importante insistir na resposta e, se ela for evasiva, é preferível dizer o que você tem em mente. Se for mesmo complicado checar essas restrições, o ideal é escolher um restaurante com cardápio variado, assim será mais difícil desagradar o cliente.

Quem convida, de certa forma, comanda a mesa. Você pode dar sugestões de pratos ao cliente e deixar que ele escolha entre elas, mas isso não é uma regra.

Considere a responsabilidade pelo pagamento da conta

Apesar de hoje em dia existir mais flexibilidade nesse aspecto, a regra de etiqueta prevalece nesse caso. Isso quer dizer que: quem fez o convite é quem deve pagar a conta. Portanto, se o convite foi feito pela sua empresa, garanta o pagamento da conta e não deixe que esse momento fique constrangedor ao, por exemplo, exigir a divisão do consumo no local.

Ainda que o cliente se ofereça para dividir a conta, deixe claro que isso poderá ser feito em outra ocasião. Também é possível dizer que a conta será paga pela empresa.

Mantenha aparelhos celulares e tablets desligados

Por se tratar de um jantar de negócios, a atenção deve estar totalmente no cliente. Exatamente como deveria ocorrer em uma reunião tradicional. Por isso, celulares e demais aparelhos eletrônicos devem estar desligados — ou, pelo menos, no modo silencioso.

Caso seja muito urgente atender a alguma chamada, deixe o cliente ciente acerca da situação e não faça isso quando estiver sentado à mesa. Evite também demorar mais de dois ou três minutos no celular.

Informações mais minuciosas devem ser conversadas sem o auxílio de um laptop. Se for preciso, marque uma reunião posterior em um espaço de trabalho para que as propostas sejam apresentadas dessa forma. Ou em um encontro em um café, onde isso seria mais apropriado e confortável.

Evite o consumo de bebidas alcoólicas

Um jantar com cliente é uma reunião de trabalho. Portanto, o bom senso deve imperar. Bebidas alcoólicas deixam a situação informal demais. Ainda que exista menos cerimônia em um encontro como esse, o consumo de bebidas como cerveja e caipirinha não é indicado.

Se for para escolher uma bebida alcoólica, que seja uma dose de uísque ou taça de vinho (e não vá além disso).

Inicie o diálogo após o pedido dos pratos

Deixe os assuntos de negócios mais para adiante do evento. É recomendado iniciar o encontro com diálogos mais amenos, a fim de que a situação se mostre mais confortável para ambos. Deem início ao tema principal, ou seja, o que levou todos ao encontro, depois de pelo menos fazer o pedido dos pratos para o jantar.

É papel do anfitrião tornar o ambiente mais agradável para o convidado. Assuntos que poderiam ser considerados banais podem ser bem convenientes para que a conversa possa fluir com mais naturalidade.

Olhe nos olhos, sorria, seja atencioso e evite apontar com os dedos (isso pode soar agressivo). Agradeça, mas não seja repetitivo. Com atenção a esses aspectos e demais detalhes, o jantar com cliente será uma ótima oportunidade de estreitar as relações profissionais e alcançar os resultados que espera. Lembre de que esse tipo de compromisso poderá ser uma estratégia importante para alavancar os seus negócios.

O que achou das dicas apresentadas no post? Se elas foram úteis para você, siga a Onex Soluções nas redes sociais e acompanhe outros conteúdos relevantes como esse: veja as páginas no Facebook, Twitter e no Instagram!

Deixe um comentário