Vale alimentação ou cesta básica? Saiba escolher a melhor opção

O mercado de trabalho atual exige que o empregador motive seus funcionários a fim de fazê-los se sentir bem e valorizados pela empresa. Uma maneira de colocar tal medida em prática é oferecendo auxílios para os colaboradores, como alimentação.

Na hora de optar por vale alimentação ou cesta básica, muitos fatores devem ser considerados. O custo que a empresa terá e o beneficiamento do funcionário devem ser equilibrados. Por essa razão, vamos mostrar que é melhor optar por cesta básica para promover o contentamento do trabalhador sem desgaste financeiro e o porquê! Acompanhe!

Quais são as principais diferenças entre o vale alimentação e a cesta básica?

Tanto a cesta básica quanto o vale alimentação são destinados à compra de comida. No entanto, nem sempre o funcionário utiliza o cartão para comprar mantimentos. Muitas vezes, ele é usado para adquirir cigarros e bebidas, por exemplo. Para a empresa que oferece esse benefício com a intenção de minimizar o custo do colaborador com alimentos, essa realidade é um tanto quanto desanimadora.

Já a cesta básica garante que o funcionário terá os alimentos mais importantes em sua dispensa. 

Um outro ponto importante a ser considerado é a satisfação do empregado. A cesta básica é a opção preferida pelos colaboradores, segundo uma pesquisa do Ministério do Trabalho. Afinal, com a cesta, eles podem sentir-se mais beneficiados, já que têm garantidos seus mantimentos necessários. Assim, você aumenta a motivação da sua equipe, que se sente importante para a organização.

Confira mais vantagens da cesta básica e saiba por que ela é a melhor opção em relação ao vale alimentação!

Quais são as vantagens de conceder cesta básica aos colaboradores?

As vantagens da cesta básica são muitas em comparação ao cartão de vale alimentação. Além do baixo custo, ela promove muitos efeitos positivos. Vamos tratar dos principais a seguir!

Excelente custo-benefício

A cesta básica apresenta um menor custo para o empregador, já que conta com o auxílio de isenção fiscal no Imposto de Renda para a empresa por meio do Programa de Alimentação do Trabalhador.

Outro fator que aumenta o custo-benefício é a ausência de cobrança das taxas administrativas. Esses valores são geralmente gastos para adquirir cartões de vale alimentação e, muitas vezes, precisam ser pagos antecipadamente.

Assim, com a cesta básica, é possível oferecer um benefício aos funcionários sem grandes prejuízos. Afinal, é necessário manter a saúde financeira da empresa em dia e gastar demais pode prejudicar os negócios.

Praticidade em todos os processos relacionados

A cesta básica gera praticidade para o empregado e para o empregador. Primeiramente, porque economiza o tempo que o funcionário gastaria no mercado para comprar seus mantimentos. Assim, ele recebe sua cesta e leva-a para casa com os alimentos necessários.

Já para o empregador, a vantagem é receber a cesta básica direto na empresa, sem grandes trabalhos. Basta repassá-la aos colaboradores, sem os trâmites e burocracias de um cartão de vale alimentação.

Possibilidade de personalização do kit

Na cesta básica, você pode montar o conjunto de produtos pelos quais a empresa tem condições de pagar no momento. Assim, não demanda gastos altíssimos no orçamento do mês. Esse fato permite que o benefício para o funcionário não prejudique a saúde financeira do seu empreendimento.

Outra vantagem da personalização é que você pode oferecer produtos específicos em épocas festivas. Por exemplo, é possível presentear os trabalhadores com alimentos para a ceia de Natal no final do ano. Isso faz seus colaboradores se sentirem recompensados e amparados pelo emprego.

Maior quantidade de produtos

Os itens da cesta básica são comprados diretamente de atacadistas. Dessa forma, eles saem mais baratos que os comprados diretamente no mercado. Por isso, é possível que o empregado receba mais alimentos com a cesta do que fazendo suas próprias compras. O maior rendimento leva uma boa quantidade de alimentos para a mesa do colaborador sem um alto gasto para a sua empresa.

Eliminação de problemas no recebimento

Muitos colaboradores acabam repassando seu vale alimentação para terceiros em troca de dinheiro ou pagamento de dívidas. Isso frustra o empregador que está pensando na alimentação e no auxílio financeiro do funcionário, a fim de aumentar a sua qualidade de vida.

O recebimento direto dos produtos garante que o benefício está realmente sendo utilizado para uma boa nutrição. Isso deixa a sua empresa satisfeita, pois a intenção de colaborar com a alimentação está salvaguardada.

Reconhecimento do colaborador

Os empregados se importam, cada vez mais, com os benefícios ofertados pela empresa. Eles se sentem valorizados, o que reflete em satisfação com o trabalho. Essa satisfação permite maior desempenho e produtividade.

O contentamento do funcionário é importante para formar uma boa imagem da sua organização para o mercado. As pessoas tendem a simpatizar mais com empresas que sabem que oferecem um bom suporte aos seus funcionários.

Equipe saudável

Colaboradores bem alimentados e saudáveis trabalham melhor. Por isso, pensar na nutrição do quadro de funcionários reflete diretamente nos resultados do seu empreendimento. A cesta básica é uma excelente opção para tal, levando parte dos itens fundamentais de nutrição para a mesa do trabalhador.

Dessa forma, o salário do funcionário renderá mais e poderá ser utilizado para itens que complementam sua dieta diária. Todos saem ganhando com isso: o colaborador, que pode ter uma dieta mais rica, já que economiza nos produtos básicos e adquire os demais, e a empresa, que conta com funcionários felizes e bem alimentados.

Os funcionários são o pilar de uma organização. O esforço e o trabalho desses permitem o crescimento e a consolidação da empresa. Porém, para que eles funcionem com sua máxima capacidade, precisam estar motivados e contentes com o emprego.

Promover políticas de auxílio alavanca essa dedicação e garante colaboradores fiéis. Ao escolher entre vale alimentação ou cesta básica, opte pela segunda. Ela é a favorita dos trabalhadores e, por isso, rende ótimos resultados. Aposte na saúde e no bem-estar de quem trabalha para você.

Gostou do conteúdo do post? Quer deixar sua opinião a respeito da oferta de benefícios aos funcionários? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário